sábado, fevereiro 4, 2023
InícioPâesPão caseiro – Rapidinho, fofinho

Pão caseiro – Rapidinho, fofinho

Pão caseiro – Rapidinho, fofinho
Pão caseiro – Rapidinho, fofinho | Edição FM MKT Digital – Canvas Pro.

Pão caseiro – Rapidinho, fofinho

Pão caseiro é uma das melhores coisas que você pode fazer. É relativamente fácil e o resultado final é sempre delicioso.

Além disso, fazer pão caseiro é uma ótima maneira de economizar dinheiro.

No entanto, muitas pessoas ainda têm medo de tentar fazer pão caseiro. Pensam que vai ser muito difícil ou que vai levar muito tempo.

Na verdade, não é nem um pouco difícil e, se você seguir as instruções corretamente, não leva muito tempo para o pão assar.

Nesta Receita, vamos mostrar como fazer um delicioso pão caseiro em apenas alguns passos simples.

 

Pão caseiro – INGREDIENTES:

  • ¼ xícara (chá) de óleo
  • 1 colher (sopa) de açúcar
  • Uma colher (café) de sal
  • 3 xícaras (chá) de farinha de trigo (360 g)
  • 5 gramas ou ½ colher (sopa) de fermento biológico seco
  • 1 ovo
  • 300 ml de leite morno
 


PÃO CASEIRO – Modo de Preparo:

  1. Unte com óleo uma de aproximadamente 25 cm x 10 cm e polvilhe com farinha.
  2. No liquidificador coloque o ovo, o leite, o óleo, o açúcar e o fermento e bata bem.
  3. Em uma tigela grande misture a farinha de trigo com o sal.
  4. Aos poucos despeje os líquidos dentro da farinha misturando com uma espátula, até que a massa esteja completamente homogênea.
  5. A massa fica mole mesmo.
  6. Despeje a mistura na forma preparada, cubra com um pano e deixe descansando em local fechado por aproximadamente 40 minutos.
  7. Leve para assar em forno preaquecido a 200C. Asse por aproximadamente 35 minutos ou até que fique dourado.

Pão caseiro – INFORMAÇÕES ADICIONAIS:

Gente, eu perco a conta de quantas vezes ao dia as pessoas me perguntam se pode usar fermento em pó “comum” nas massas de pães. Como eu sei que esse assunto gera muita dúvida para galera que está começando a cozinhar agora, fiz esse post para ajudar. Daquele meu jeitão que vocês já conhecem, sem muito termo técnico e levando mais pro lado prático da coisa. Bora?

A função do fermento, independente do tipo a ser usado, é fazer a massa crescer, mas existem tipos de fermentos diferentes e indicados para usos distintos.

Fermento químico (pó):

É o que todo mundo chama popularmente de “fermento comum”. É o pó branco cuja marca mais tradicional é o “pó royal”. Ele é feito à base de bicarbonato e só reage com o calor. É indicado para bolos, biscoitos e alguns pouquíssimos casos de pães como pão de minuto (que até hoje não comi um que fosse bom). Portanto, não se usa em massas de pães porque ele não tem força suficiente para crescer uma massa mais pesada.

Fermento Biológico:

São fermentos a base de micro-organismos que vão se alimentar especialmente de glicose e vão se reproduzir em uma temperatura entre 30º e 50ºC. Ou seja, os bichinhos do fermento comem os ingredientes que você usou na massa e se multiplicam fazendo a massa crescer, mas para isso tem que ter calor, por isso eu sempre digo que os dias bem quentes são os melhores para fazer pães. Esse tipo de fermento se usa basicamente em massas de pães e algumas outras receitas especiais. Existe 2 tipo de Fermento Biológico:

Fermento Biológico Fresco:

Conhecido popularmente como “fermento de padaria”, você pode comprar por peso nesses estabelecimentos, mas também é vendido em supermercados em tabletes quadradinhos de 15 gramas cada (as vezes em pacotinhos com 3 ou 4 tabletes ou pacotes maiores de 500 g). Precisa ser conservado em geladeira e sua durabilidade é pequena.

Fermento Biológico Seco Instantâneo:

Também chamado de “fermento granulado”. É vendido em pacotinhos, geralmente de 10 g, mas algumas marcas tem uma embalagem maior. Pode ser mantido fora da geladeira e tem durabilidade maior.

Quanto usar de cada um dos fermentos biológicos?

O fermento biológico seco é mais potente, por isso a conversão é sempre de 1 para 3. Se a receita pede 10 g de fermento biológico seco, se você quiser usar o fresco, vai usar 30 g. É só multiplicar por 3. Lembrando que tanto o fresco quanto o seco podem e devem ser usados em pães.

Renata Borges ama culinária e está sempre viajando para conhecer novos lugares e saborear novas delícias. Apaixonada pela internet, aproveitou seu talento para criar o site Receitas Gostosas, um verdadeiro paraíso para quem adora cozinhar e viajar. No site, Renata compartilha receitas deliciosas de diversos países, além de dicas de viagem e fotos de seus passeios pelo mundo.

Novas Receitas :

Melhores Receitas :

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui